Serviços

Cardiologia do RN ganha equipamento com tecnologia

O tomográfo MultiSlice de 64 canais, que acaba de ser instalado no setor de hemodinâmica do Incor-Natal, é usado hoje nos mais modernos centros de cardiologia do mundo, produzindo imagens em 3D, e possibilitando aos médicos diagnosticar, com precisão, qualquer problema no coração e nas artérias.

Com esse novo aparelho, os pacientes terão acesso a um exame capaz de, em apenas 7 segundos, gerar até 3000 imagens do coração e dos vasos sanguíneos de forma não invasiva. Isso resultará na redução de tempo do exame e na obtenção das imagens com cortes "finíssimos", auxiliando os médicos no diagnóstico preciso.

O tomógrafo também poderá realizar a chamada Angiotomografia das artérias coronárias. O procedimento, feito com a aplicação de contraste em uma veia periférica, dispensa a necessidade de internação do paciente ou de um procedimento mais invasivo, permitindo uma análise direta da parede coronariana, identificando e quantificando eventuais obstruções.

Outra vantagem do novo tomógrafo é a redução da necessidade de anestesias, possibilitando maior segurança ao paciente em virtude do menor tempo de exame e uso de menores doses de contraste.

Um dos maiores avanços desta tecnologia se aplica na área cardiológica, possibilitando à visualização, de forma rápida e fidedigna daqueles pacientes com doença coronariana, que estão sob maior risco de ter infartos e problemas cardíacos; evitando em muitos casos a realização de exames, como a cintilografia.

O mais recente investimento, feito pela equipe do INCOR, se associa a outros modernos equipamentos já existentes no Instituto, como o ultra-som USIC, que auxilia os médicos do setor de hemodinâmica, à otimizar através de imagens, o resultado dos implantes de stents feitos nos pacientes.

Ao comemorar 10 anos de funcionamento no Rio Grande do Norte, o INCOR se orgulha de investir no profissional e na aquisição de equipamentos de última geração. Só no setor de Hemodinâmica e Tomografia foram investidos, em 2007, R$ 2,5 milhões.

Informações complementares para entrevista

No Rio Grande do Norte são feitos, mensalmente, em todos os hospitais da rede de cardiologia, uma média de 400 cateterismos por mês e mais 150 angioplastias. A maioria delas feita pela equipe do Incor/Promater que virou referência no setor. Dessas, 60% são pagas pelo SUS. Sistema Único de Saúde.

É também no INCOR que são realizadas a maioria dos transplantes de coração. No Rio Grande do Norte, 8 pacientes já foram transplantados. O número não só não é maior pó falta de doação.

O INCOR também é referência nas cirurgias infantis. Crianças com problemas cardíacos são operadas pela equipe do Instituto. Em 2006, os médicos conseguiram operar o coração e um bebê que pesava apenas 900 gramas.

A equipe do Incor se prepara agora para lançar a AMICO - Associação dos Amigos do Coração Uma instituição, sem fins lucrativos, que dará apoio às crianças cardíacas que vêm do interior para fazer cirurgia ou tratamento.

Consultas

Marque sua consulta com toda a praticidade que a Internet oferece. É simples e fácil. Clique abaixo e agende!

Marque

Atendimento On Line

Entre em contato com as nossas atendentes

informativo

Incor - Instituto do Coração de Natal
Rua São José, 1979, Lagoa Nova - Natal/RN
contato@incornatal.com.br / (84) 3204-0700

maxmeio